domingo, 16 de abril de 2017

Café Terapêutico - festa de 9 anos

A festa de 9 anos está chegando.
Com muito orgulho estamos caminhando para a grande festa de 9 anos do projeto Café Terapêutico - Grupo de pais, alunos e amigos em busca de uma sociedade realmente inclusiva.

 
Nesta edição teremos como tema principal
" O fazer inclusivo ".

Mostraremos experiências de pessoas que tomaram iniciativas e se tornaram protagonistas de suas histórias com relação à inclusão de seus filhos, amigos e parentes.
 
Pessoas que se prontificam a ajudar o próximo  a melhorar e a fazer de suas experiências pessoais um exemplo de inclusão.
 
 
Presenças confirmadas:
 
Amiga e parceira do CIEJA Campo Limpo, é jornalista, pós graduada em ciência política, artista ( música, teatro, dança ).

Leonora frequentemente participa em programas de televisão em debates com celebridades e personagens do mundo da política sobre assuntos diversos .

É ativista da causa GLBT.

Realiza ações solidárias variadas com o intuito de melhorar a condição social de pessoas e grupos em  situação de vulnerabilidade.

Faz de sua história de vida e realização profissional um belo exemplo de não exclusão.



 
 

   A Galera do Click é um projeto que, há 4 anos, ensina fotografia para jovens com síndrome de Down. A inspiração para juntar essa galera na arte de conservar um momento em uma imagem veio de um jovem chamado Felipe, de 24 anos. ‘Fê’ é o filho do meio da fotógrafa Sandra Reis e é também o primeiro judoca faixa preta com síndrome de Down de São Paulo. “Felipe foi criado na ‘utopia da inclusão’: escola regular, academia de treino regular, mas quando chegava o final de semana e os amigos iam se divertir, não havia convites para ‘diferentes’ como ele”, conta Sandra. Como ela passava os finais de semana trabalhando, decidiu ensiná-lo a fotografar, para que pudesse acompanhá-la nos eventos.
Nesses lugares públicos, pais e mães de outros jovens com Down se surpreendiam com a habilidade demonstrada por Felipe ao manejar a câmera. “Basta ter alguém que os ensine”, explicava Sandra. Foi então que ela teve um “click” e decidiu dar aulas para esse público em seu estúdio. Ao mesmo tempo que “empoderava” jovens com a mesma condição genética de seu filho, ela ampliava a todos a possibilidade de ter um hobbie ou conhecimento a mais que poderia se tornar uma profissão, e amizades para se sentirem, de fato, incluídos.
O primeiro trabalho foi um calendário do ano de 2013,com os próprios alunos posando nas fotos. Eram 20 ao todo e mais um bebezinho. Hoje 69 jovens alunos compõem a simpática Galera do Click e já preparam o Calendário 2018. Sandra trabalha de forma voluntária, e devido ao grande número de alunos, teve a necessidade de estruturar melhor o espaços como banheiros, comprar novos equipamentos, remunerar monitores e dar sustentabilidade ao projeto. “A fim de captar recursos estruturei uma ONG através da qual buscarei eventos empresariais para palestras e, principalmente, para que a Galera do Click possa fotografar profissionalmente e mostrar o bonito trabalho que fazem.
 
 
Rodrigo Del Arc


Rodrigo Louis 'Del Arc' Fernandes, amigo e parceiro do CIEJA Campo Limpo com participações no Café Terapêutico musical\ motivacional, mais conhecido como Rodrigo Del Arc, é um cantor e compositor, artista licenciado, ator, modelo, locutor, filantrópico e produtor artístico cujo estilo incorpora a mistura de elementos rítmicos brasileiros com o rock, o pop e a bossa nova em canções predominantemente românticas.
Lançou dois discos que foram licenciados prensados e distribuídos no Japão e na Coréia do Sul. Em 2010 a música “A Place To Remind” foi incluída na trilha do K. Drama “Athena 2” série reprisada no Japão, em 2011.
Na televisão aberta, participou em programas pela MTV Brasil e atua em filmes publicitários veiculados também em muitos países tornando seu rosto reconhecível publicamente.


CRESCENDO JUNTOS





 
 O grupo de mães se uniu pela inclusão de seus filhos e assim nasceu  o "Crescendo Juntos" .
Descobriram que não existe terapia melhor do que levarem seus filhos para passear em parques,  teatros, cinemas, shoppings, entre outros para que eles tenham contato com pessoas
diferentes e iguais a eles..
O objetivo do grupo " Crescendo Juntos " é a interação com a sociedade quebrando assim paradigmas e preconceitos mostrando que é possível uma convivência saudável das crianças
com ou sem síndrome de down .
 
Adriana Marques dos Santos
 
 
Amiga e ex aluna do CIEJA Campo Limpo, participa de eventos variados sobre inclusão ( feiras, plenárias, debates, buscando assim estar sempre atualizada sobre as questões que dizem respeito à inclusão de pessoas com deficiência.
Atualmente descobriu o prazer e os benefícios da prática esportiva para pessoas com deficiência.
 
Ana Raia
 
 
 
Amiga e parceira do CIEJA Campo Limpo tem participação frequente nos eventos do Café Terapêutico.
Ana é uma pessoa inspiradora .
 
“Acredito que existimos para evoluir e que podemos promover a mudança que desejamos ao nosso redor e em nossas vidas. Entretanto, ela começa em nossa transformação individual. Portanto, precisamos priorizar nosso autodesenvolvimento.
Há mais de quinze anos, trabalho na área de desenvolvimento pessoal dedicando meus talentos e conhecimentos para ajudar as pessoas a se aprofundarem em seu autoconhecimento. Após dez anos de carreira na área de publicidade e cinco anos dedicada ao ensino da filosofia do Yoga, fiz minha transição para o Coaching para auxiliar as pessoas na conquista de sua autoconfiança e acesso ao seu potencial para promover as mudanças que desejam nas áreas pessoal e profissional.
Atuo como Coach de Vida e Carreira, sou co-criadora e ministro o programa de expansão e desenvolvimento para mulheres “You in Action“ e “Paixão em Ação”.
Escrevo sobre comportamento, saúde e bem estar para o Blog Mulher no site do Iguatemi.”
• Formação e Certificação Internacional em Coaching Integrado no ICI – Integrated Coaching Institute.
• Formação e Certificação Internacional em Coaching Sênior no ICI – Integrated Coaching Institute.
• Especializacão em carreiras no International Seminar on Career Studies – The Center for Executive Education Suffolk University – Boston, USA.
• Criadora do Paixão em Ação – Programa de coaching de carreira
* Co-criadora do You in Action – Programa de desenvolvimento para mulheres.
• Realizadora do evento Compartilhar para Saber no ano de 2009.
• Extensão em Life Coaching – Quantum Evolution pelo ICI – Integrated Coaching Institute®.
• Especialização em Ativismo Quântico, com o físico Amit Goswami.
• Especialização em assuntos relacionados a vida e carreira –Intensivo The School of Life.
• Especialização “Seduction of the Spirit” – Deepak Chopra – Califórnia – USA.
• Especialização “How to know God” – Deepak Chopra – Agra – India.
• Graduação em Publicidade – The Advertising Arts College – San Diego, CA – USA.
• Especialização nos ensinamentos do Yoga no Brasil, nos EUA, Índia e Havaí.
 
 
 
 


Café Terapêutico : A festa de 9 anos está chegando.

Café Terapêutico : A festa de 9 anos está chegando.: Com muito orgulho estamos caminhando para a grande festa de 9 anos do projeto Café Terapêutico - Grupo de pais, alunos e amigos em busca de...

segunda-feira, 10 de abril de 2017

CURSO DE LIBRAS NO CIEJA CAMPO LIMPO (Abril à Junho)



Olhares de atenção para os jovens



Com a crescente entrada dos jovens na educação de jovens e adultos, principalmente no CIEJA Campo Limpo, resolvemos desde o ano de 2015 ter um olhar diferenciado para esse público e suas demandas. Desde o ano passado professores (as) se empenham em propor atividades e diálogos  com o jovens, resultando neste ano em conversas que resultarão, num primeiro momento, em um evento pensado, proposto e elaborado pelos jovens no dia 20-04... por isso aguardem os resultados!!!!

CENPEC - Entrevista Alfabetizadora do CIEJA Campo Limpo



Em reconhecimento ao trabalho desenvolvido pelo CIEJA Campo Limpo, o Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (CENPEC) se debruçou nas atividades desenvolvidas pela escola e realizou algumas  entrevistas com a alfabetizadora Márcia Balieiro para compreender de maneira abrangente como se dá o processo de alfabetização por aqui. Muito obrigado Márcia por nos representar e ao CENPEC por acreditar em nosso trabalho.


Maiores informações do CENPEC


Vinte e oito anos em defesa da educação. O Cenpec – Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária é uma organização da sociedade civil, sem fins lucrativos, criada em 1987.
Tem como objetivos o desenvolvimento de projetos, pesquisas e metodologias voltadas à melhoria da qualidade da educação pública e a incidência no debate público.
O Cenpec atua em parceria com a escola pública, espaços educativos de caráter público e iniciativas destinadas ao enfrentamento das desigualdades.



sexta-feira, 7 de abril de 2017

Martinha e Naloana Lima do Grupo Clariô de teatro no CIEJA Campo Limpo

No último dia 23/03/2017 tivemos a honra de ter em nossa escola duas grandes atrizes da cultura periférica, Martinha e Naloana Lima do Grupo Clariô de Teatro, contando um pouco mais de suas trajetórias e anseios de mulheres negras periféricas!!!








quarta-feira, 5 de abril de 2017

Doutorado sobre o CIEJA Campo Limpo - 2017

Jonson Ney Dias da Silva Professor da UESB (Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia) e Doutorando do programa de Pós-Graduação  em Educação Matemática da UNESP de Rio Claro  sob a orientação da Professora Ana Paula dos Santos Malheiros, faz sua pesquisa sobre como os professores de matemática dialogam com as tecnologias na educação de jovens e adultos. O pesquisador ficou conosco no mês de março para vivenciar a proposta do CIEJA Campo Limpo. 

 



segunda-feira, 3 de abril de 2017

1ª Aula pública do CIEJA Campo Limpo no Metrô Capão Redondo 30/03/2017



Na última quinta-feira dia 30/03/2017, a comunidade do CIEJA Campo Limpo fez uma atividade inédita nos seus 19 anos de atuação no Capão Redondo, passeata com música e gritos de ordem em todos os períodos em direção ao pátio do Metrô Capão Redondo para a primeira aula pública de nossa escola.
Como preparativo para esta atividade no mês de Março, nas salas,  toda a comunidade do CIEJA Campo Limpo se debruçou sobre a Reforma da Previdência, a Reforma Trabalhista e  a proposta de Terceirização, para na aula pública expor para a população todo o conhecimento adquirido com a pesquisa. Teve de tudo, cartazes,  dramatização, rap, leitura, protesto, enfim... foi enriquecedor!!!





Vídeo feito pela TV DOC Capão, que generosamente cobriu o evento, muito obrigado pela parceria!!!

quarta-feira, 29 de março de 2017

Teatro da Turma TRANSFORMAÇÃO (CH)

Esta quinta-feira já começou com força, alunos e professores da turma Transformação (CH) apresentam para a escola peça de teatro contando a história do SUS (sistema único de saúde), suas complicações, assim como a problemática atual da previdência. 

terça-feira, 28 de março de 2017

Espaço Psicoarte no CIEJA Campo Limpo

O CIEJA Campo Limpo com a vinda da Professora de artes Kelly Almeida, ganhou além de uma profissional formada em psicopedagogia, sua disposição em propor um espaço em nossa unidade para pensar questões pertinentes ao assunto, auxiliando alunos na superação das suas dificuldades. 

Mais informações do projeto: 


CIEJA – CL - ESPAÇO PSICOARTE
PSICOPEDAGOGIA E ARTETERAPIA

FRASE GERADORA DO PROJETO:
 “Não sabemos por qual motivo um educando permanece tanto tempo em um agrupamento”.
Psicopedagogia/arteterapia
 Com base neste questionamento foi pensado um trabalho psicopedagógico e arteterapêutico, voltado para a educação de Jovens e Adultos, com o intuito de trabalhar individualmente com os educandos que apresentem dificuldades de aprendizagem, transtornos, deficiências ou bloqueios, oferecendo-lhes um olhar diferenciado.

 Público Alvo
Educandos que permanecem no mesmo módulo por vários anos e não apresentam o desenvolvimento escolar esperado.


 
 

Visita dos professores do CIEJA CL ao CIEJA Parelheiros

Tivemos a oportunidade de fazer uma visita ao CIEJA Parelheiros para troca de informações e experiências que nos ajudem a identificar melhorias em nossas atividades e o conhecimento de parceiros na luta.



 

sexta-feira, 24 de março de 2017

Atividades extras edificantes!!!

Nesta última quinta-feira tivemos a oportunidade de ter um dia diferenciado em nossa escola, na parte da manhã tivemos a atriz Martinha do Grupo Clariô de teatro, assim como sua Companheira de grupo Naloana Lima na parte da tarde. Ambas contaram como iniciaram no teatro, o que é ser mulher negra na periferia e como visualizam a conjuntura atual para as mulheres.

Martinha do Grupo Clariô de Teatro


Naloana Lima do Grupo Clariô de Teatro 

Na parte da noite, levamos um  ônibus com nossos alunos para assistirem a peça "Farinha com Açucar" no Sesc Campo Limpo, enquanto na escola tivemos a inauguração do nosso CINE-CIEJA!!!




Exposição do DOC "Nós, Carolinas" na inauguração do CINE-CIEJA

Visita do SENAC JABAQUARA

Professores e representantes do SENAC-Jabaquara, estiveram em nossa unidade para saber como funciona o processo de educação diferenciada proporcionado pelo CIEJA Campo Limpo, para trocarmos experiências e parcerias.

 
REGISTRO DA VISITA, PELA EQUIPE DO SENAC-JABAQUARA


Aula inaugural do Cursinho Popular do Capão!


No último sábado tivemos em nossa escola, a aula inaugural do Cursinho Popular do Capão, com o objetivo de fazer os alunos eliminarem o ensino médio e também a comunidade como um todo se preparar para o ENEM através de aulas diferenciadas com professores voluntários.









Proposta de meditação no CIEJA Campo Limpo


Paula Shurt com proposta de interação por meio da meditação com os professores do CIEJA CL.



Apresentação do Documentário "Nós, Carolinas"

Tivemos a oportunidade em nossa escola de receber a exibição do Documentário "Nós, Carolinas" do grupo "Nós, mulheres da Periferia".




Mais sobre o documentário

O documentário "Nós Carolinas" é resultado de um conjunto de entrevistas realizado pelo Coletivo Nós, mulheres da periferia em 2015, no âmbito do Projeto Desconstruindo Estereótipos - Eu, mulher da periferia na mídia, que consistiu na realização de oficinas de comunicação a mais de 100 mulheres, de 17 a 93 anos, dos bairros do Campo Limpo (ZS), Capão Redondo (ZS), Jardim Romano (ZL), Jova Rural (ZN), Guaianazes (ZL) e Perus (Noroeste) e, posteriormente, entrevistas aprofundadas com nove delas. Em 2015, o coletivo produziu a exposição QUEM SOMOS [ POR NÓS] com as fotos e telas feitas pelas mulheres, que ficou no Centro Cultural da Juventude durante um mês.

Destas, quatro histórias foram selecionadas para o documentário: D. Carolina, Renata, Joana e Tarsila, que contam o que "é ser mulher da periferia" sob quatro diferentes ângulos, passando por assuntos como a desigualdade de classe, racismo, maternidade, mostrando os desafios de ser mulher nas pontas da cidade e como elas querem ser vistas pela sociedade.

Sobre o Coletivo

O coletivo Nós, mulheres da periferia é formado por seis jornalistas e uma designer, todas moradoras de bairros da periferia do município de São Paulo e por meio de um site e redes sociais produz e divulga conteúdo sobre e para as mulheres da periferia de São Paulo. O coletivo propõe reduzir o espaço vazio existente na imprensa e a falta de representatividade, buscando mais protagonismo e visibilidade. A proposta do coletivo é construir um espaço com informações que extrapolem a questão de gênero a atinja o campo social e étnico.


quinta-feira, 16 de março de 2017

Microfone aberto no CIEJA Campo Limpo

Com a vinda do MC Robsoul para compor a equipe docente do CIEJA Campo Limpo, efetivamos um desejo, o de deixar o microfone aberto para aqueles que querem rimar e soltar seus protestos!!!!
Salve!!!!!



Café Terapêutico

O primeiro encontro do Café Terapêutico deste ano contou com a participação especial do amigo e parceiro Rodrigo Dias dos Santos, Psicólogo especialista em Psicoterapia Junguiana, doulo , músico e ator.


A equipe do Café Terapêutico agradece a participação de todos!!!

segunda-feira, 13 de março de 2017

1ª Espedição Especial Urbana " O Homem De La Mancha (2017) -".

Resenha por Dirceu Alves Jr.

Depois do bem-sucedido A Madrinha Embriagada,
o diretor Miguel Falabella engata este grandioso projeto no mesmo
palco. Baseada no texto de Dale Wassermanom, com melodias de Mitch Leigh
e letras de Joe Darion, a ação foi ambientada em um manicômio do fim da
década de 30. Por lá, um paciente (interpretado por Cleto Baccic)
apresenta-se como Miguel de Cervantes, poeta, ator e coletor de
impostos, e interna-se na companhia do criado Sancho (Jorge Maya). Para
minimizar a triste realidade, ele propõe aos internos e funcionários um
mergulho na fantasia, e todos passam a fazer teatro. Eles descobrem a
força do sonho como meio para suportar o cotidiano. Além do bom trabalho
de Baccic e Maya, Sara Sarres sobressai na pele de Dulcineia e
Guilherme Sant’Anna dá fôlego ao papel de Governador. Criativa e
correta, a versão de Falabella tem grande capacidade de comunicação com a
plateia a que se destina e a deixa de olhos cheios. Estreou em
13/9/2014. De 9/3 a 2/4/2017.




Em 1972: o musical teve uma célebre montagem protagonizada por Paulo Autran, Bibi Ferreira e Grande Otelo, com direção de Flávio Rangel.




FAFÁ QUIXOTESCA


O Homem de la Mancha, dirigido por Miguel
Falabella, volta em versão repaginada e promete uma surpresa ao público.
Entre a quinta (9/3) e o domingo (12/3), a cantora Fafá de Belém faz
participação especial na pele da personagem Criada.




quinta-feira, 9 de março de 2017

Teatro dos professores para reflexão do dia internacional das mulheres - 08 de Março

Todos os dias são proporcionados aos alunos do CIEJA Campo Limpo momentos de reflexão e interatividade com assuntos estruturais em nossa sociedade, nesta última quarta-feira, 08 de março, não foi diferente, os professores de nossa escola interpretaram o texto "Acorda Raimundo", para "esquentar" o debate sobre gênero e os papéis historicamente estabelecidos.

 Professores (as)  do período da manhã

 Professores (as)  do período da tarde

  Professores (as)  do período da noite

Vídeo com a apresentação do período da noite

Homenagem a Dona Eda Luiz pelo dia das mulheres!!!


segunda-feira, 6 de março de 2017

Escolha de temas para o ano de 2017

A comunidade do CIEJA Campo Limpo, nas últimas semanas fez uma  série de diálogos e atividades com seus alunos para escolherem os temas que eles queriam se debruçar este ano, esta  metodologia foi inspirada nos temas geradores dentro das  teorias de Paulo Freire e tem sido,  desde o ano de 2016, caminho para chegar próximo ao cotidiano dos educandos. Por meio de debates em sala os alunos elegeram temas importantes que foram para votação para toda a comunidade escolar. onde todos se posicionaram  sobre quais conteúdos gostariam de estudar em sala. Mais uma vez educadores, gestão, funcionários e alunos estabelecem formas de aprender de maneira significativa.

foto tirada durante as assembleias. 

Exposição de vídeos que discutam de gênero em nossa sociedade.

Uma das formas de problematizar a questão de gênero em nossa sociedade, estamos passando vídeos que discutam a temática no piso verde durante as refeições em nossa escola.




Exposição "Mulheres que lutam" no CIEJA Campo Limpo

Para embasar a discussão do dia internacional das mulheres, 08 de março, o CIEJA Campo Limpo tem o prazer de abrigar a exposição "Mulheres que lutam", composição de fotos com a história de mulheres guerreiras  que fizeram a diferença em nossa região, esse acervo fez parte de cursos e discussões realizadas pela Divisão Pedagógica (DIPED) da Diretoria Regional de Educação (DRE) Campo Limpo, Gestão 2013-2016.


Montagem da exposição no CIEJA CL 
feita pela Professora Carolina e Professor Luciano 


Informações da Exposição

O  Núcleo de Igualdade de Gênero e Diversidade Sexual da Divisão Pedagógica (DIPED) da Diretoria Regional de Educação (DRE) - Gestão 2013-2016 -  organiza desde 2014 a exposição "Mulheres que lutam" com o  objetivo principal desconstruir o conceito hegemônico de feminino, reconhecendo as histórias e as lutas das mulheres de nossa região.
Foram  consideramos de suma importância as experiências das mulheres dos nossos bairros, de nossas relações familiares e profissionais. Intencionamos com esta ação possibilitar a visibilidade de segmentos populares e plurais, bem como a valorização da diversidade.

quinta-feira, 2 de março de 2017

Plenária Mensal sobre Educação - Educação Inclusiva

 
O evento tem o intuito de debater as demandas e fluxos de trabalhos referentes aos alunos com deficiência na cidade de São Paulo, os quais vêm constantemente alcançando novos níveis de ensino e têm neste colegiado um foro de garantia de direitos.

Para estreitamento de nossa parceria e fortalecimento do trabalho conjunto contamos com a sua presença para atingirmos resultados progressivos a partir da articulação e compromisso deste encontro.

Serviço: 
Plenária Mensal sobre Educação
Data: 4 de março
Tema: Múltiplos Contextos da Inclusão: Perspectivas da Educação Infantil à Universidade.
Local: Câmara Municipal de São Paulo - Viaduto Jacareí, nº. 100 - Bela Vista – São Paulo / SP
Horário: Das 13h às 17h
Informações: (11) 3913 – 4038 ou pelo e-mail cmpd@prefeitura.sp.gov.br
PROGRAMAÇÃO
Objetivo: Promover o diálogo  com ênfase na   abordagem  de um panorama sobre a gestão da inclusão escolar no processo educacional na perspectiva das práticas e ações  político  pedagógicas  desde a educação infantil ao ensino superior caracterizando  aspectos relevantes e as  fragilidades   mediante a  realidade atual.
13h00 - mesa de abertura
Cid Torquato - SMPED - Secretário Municipal da Pessoa com Deficiência.
Gersonita Pereira de Souza - Presidente do CMPD/SP - Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo.
Ana Claudia Domingues - Conselheira do CMPD/SP – Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência de São Paulo.
Mediador: Sr. Júnior Nascimento - Assessor da SMPED – Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência
Silvana Lucena Drago  - Secretaria Municipal de Educação / DIEE - Diretora da Divisão de Educação Especial
Emília Cipriano - Conselheira do CME – Conselho Municipal de Educação de São Paulo.
Billy de Assis – Professor no CIEJA Campo Limpo para jovens e adultos com deficiência e no curso de Pedagogia da Faculdade UNIARARAS.
Sr. Sandro Francischini - Secretário Executivo junto a Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade - SAADE da Universidade Federal de São Carlos

Painel 1 - 13h40

Emília Cipriano
Possui graduação em Pedagogia pela Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras "Professor Carlos Pasquale", graduação pelas Faculdades Metropolitanas Unidas, mestrado em Educação (Psicologia da Educação) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo e doutorado em Educação (Currículo) pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo. Atualmente é Professor Associado da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo, Professora do Sindicato dos Professores de São Paulo, Coordenadora e Membro do Grupo Gestor do Fórum Paulista de Educação Infantil e Pedagoga efetiva da Secretaria da Assistência Social da Prefeitura Municipal de SP.. Tem experiência na área de Educação. Atuando principalmente nos seguintes temas: Educação Infantil, Formação de Educadores, Política de Educação Infantil, Creche, Políticas Públicas e Proposta Pedagógica. Conselheira do CME - Conselho Municipal de Educação
Tema: “Os desafios da Educação Infantil na atualidade do Processo Educacional Inclusivo”.

14h 
Silvana Lucena Drago

Pedagoga; Professora do ensino fundamental I e Supervisora Escolar da Rede Municipal de Ensino de São Paulo – atualmente - Assessor Técnico responsável pela Diretoria de Orientação Técnica de  Educação Especial da SMESP. Secretaria Municipal de Educação / DIEE - Diretora da Divisão de Educação Especial
Tema: “A Política Paulista na Educação Especial na Perspectiva da Educação Inclusiva”.

14h20 às 14h30min 
Inscrições para o público

14h30 às 14h50
Considerações dos palestrantes - debate

Painel 2 - 14h50min
Billy de Assis
Formado em Letras Pedagogo / Psicopedagogo / Arte terapeuta / Especialista em deficiência Intelectual / Leciona no CIEJA Campo Limpo para jovens e adultos com deficiência / Leciona no curso de Pedagogia da Faculdade UNIARARAS e atualmente cursa Psicologia Social e Gestão Escolar.
Tema: “O professor abordará a seguinte temática: Educação inclusiva: uma proposta de qualidade no processo de ensino-aprendizagem de jovens e adultos”.

15h10min
Sr. Sandro Francischini
Bacharelado em Ciências Sociais pela Universidade Federal de São Carlos UFSCar / Mestrado em Ciências Sociais pelo Programa de Pós Graduação em Ciências Sociais PPGCSO - UFSCar.
Secretário Executivo junto a Secretaria Geral de Ações Afirmativas, Diversidade e Equidade - SAADE da Universidade Federal de São Carlos
Conselheiro Estadual para Assuntos da Pessoa com Deficiência CEAPCD gestão 2016-2018
Tema: “A realidade da Política Educacional no Ensino Superior”

15h30min às 15h40
Inscrições para o público

15h40 às 16h00
Considerações dos palestrantes - debate

16h - MONITORAMENTO DAS PROPOSTAS ATUAIS VOLTADAS AS DEMANDAS DE EDUCAÇÃO COM BASE NA III CONFERÊNCIA MUNICIPAL DOS DIREITOS DAS PESSOAS COM DEFICIÊNCIA  ETAPA MUNICIPAL.

17h – Encerramento