terça-feira, 6 de dezembro de 2016

Alunos do CIEJA Campo Limpo prestigiam homenagem a Marisa Dandara


 Alunos do CIEJA Campo Limpo prestigiam evento que  homenagea Marisa Dandara, militante política, feminista, construtora da Marcha Mundial das Mulheres em São Paulo, presidente e fundadora do Centro de Cultura Negra de Campo Limpo. Esta cerimônia oficializou seu nome para a denominação do Teatro do CEU Cantos do Amanhecer. 

Segundo depoimentos de pessoas que conviveram com Marisa Dandara, tanto no ambiente familiar como no profissional e político, ela foi uma batalhadora, cidadã consciente de seus direitos sociais e incentivadora da luta para o igual tratamento, contra a discriminação social e racial. Ativa participante do Movimento Negro, com intensa atividade partidária, lutou contra as adversidades da pobreza e da discriminação, cursando uma faculdade e mostrando a todos que é lutando pela igualdade que se pode ser reconhecido como igual.

segunda-feira, 5 de dezembro de 2016

Nosso endereço eletrônico



ciejacampolimpo@prefeitura.sp.gov.br

Meditação no CIEJA Campo Limpo

Um dos planos para 2017 é fazer com que nossos alunos possam vivenciar práticas de meditação dentro da rotina escolar no CIEJA Campo Limpo, para isso a psicóloga Paula Shurt, nossa parceira, contribuirá voluntariamente  com este projeto. Que venha 2017!!!!!



Primeira experiência da Psicóloga Paula Shurt no CIEJA Campo Limpo (05/12/2016)


Sobre Meditação
A palavra meditação vem do latim meditare, que significa "voltar-se para o centro no sentido de desligar-se do mundo exterior" e "voltar a atenção para dentro de si".
Neurocientista da Harvard: Meditação não apenas reduz estresse, ela muda o seu cérebro
Já está comprovado cientificamente, que a meditação traz vários benefícios para a saúde, como a redução de estresse, melhora nos quadros de depressão e ansiedade, foco, dor e insônia, ao aumento da qualidade de vida, dentre outras inúmeras situações.
Pesquisas científicas demonstraram:
· Melhora da atenção e empatia
· Aumento da capacidade de relaxar
· Aumento da energia e entusiasmo pela vida
· Melhora na auto-estima
· Melhora no enfrentamento de situações estressantes e na qualidade de vida
· Aumenta da performance relacionada à emoção, performance no trabalho, produtividade e satisfação
· Melhora na circulação sanguínea, redução da pressão arterial e prevenção de hipertensão
· Fortalecimento do sistema imunológico

Porém, esses são os primeiros benefícios da meditação, ela vai muito além de bem-estar e qualidade de vida. A meditação é uma técnica de autoconhecimento. Traz a consciência para seu corpo e sua atenção para o agora. Você passa a estar realmente presente em suas ações, vivendo no único momento que existe: o agora.
As mudanças são feitas no agora e não na mente que vive no passado ou futuro.
A meditação, do contrário ao que dizem, não é difícil e nem requer muito tempo. Neste curso vou ensinar técnicas simples e fáceis para você iniciar sua prática.
O que abordaremos no curso:
- O que é meditação e seus benefícios
- Glândula Pineal
- Técnicas de Mindfulness / exercícios de atenção plena
- Técnicas de respiração
- Posturas de Yoga
- Walk Meditation
- Cultura do silêncio 

Projeto Mexa-se - última balada do ano.

Em dezembro  Projeto Mexa-se - Baladas Especiais realizará  a última balada do ano de 2016 .

O Projeto desenvolve atividades exclusivas para os alunos com deficiência e seus familiares . 

Balada Especial à Fantasia . 


Caminhada e corrida pela INCLUSÃO

O grupo de alunos do CIEJA  das oficinas de TAEKWONDO e Artes, participaram neste domingo de mais uma Corrida e Caminhada em prol da INCLUSÃO.









CIEJA Campo Limpo "vai" ao CHILE!!!!

No mês de Setembro deste ano, ocorreu em Santiago do Chile,  o X Encontro Internacional Fórum Paulo Freire, intitulado "Paulo Freire e a superação do neoliberalismo ",   o encontro  proporcionou o diálogo  e o compartilhamento de experiências de educadores de  vários países latino-americanos  através das linhas temáticas A atualidade da pedagogia do oprimido; Processos constituintes e formação cidadã; Práticas pedagógicas transformadoras; Movimentos sociais frente a políticas públicas neoliberais: resistências e perspectivas; Educação Popular e Neoliberalismo.

Com esta oportunidade, os professores do CIEJA Campo Limpo Clayton Nascimento e Lilian Varasquim, acompanhados da Coordenadora Geral Eda Luiz, foram ao evento compartilhar a experiência na atuação da EJA na periferia da cidade de São Paulo, principalmente da trajetória de 18 ano de CIEJA Campo Limpo.

Educação sem fronteiras!!!



Maiores informações do evento:

El Programa Interdisciplinario de Investigaciones en Educación – PIIE, se ha propuesto diseñar participativamente los principales objetivos y líneas de trabajo del Instituto Paulo Freire de Chile.

Con la participación de un centenar de invitados, entre académicos e investigadores en Educación, se realizó en el Café Literario Balmaceda la inauguración en Chile, del Instituto Paulo Freire. A esta ceremonia, encabezada por el Director del PIIE; Dante Castillo, asistieron, entre otras autoridades, Antonio Teodoro; Director del Centro de Estudios Interdisciplinares en Educación y Desarrollo y Director Fundador del Instituto Paulo Freire de Portugal, y José Eustaquio Romao; Director fundador del Instituto Paulo Freire de Brasil y Presidente del Consejo Mundial de Institutos Paulo Freire.

En la ocasión, Dante Castillo Guajardo dirigió las palabras de bienvenida y contextualizó a los asistentes respecto de la gestación de esta iniciativa y sus alcances, en materia de políticas educativas; seguido por Antonio Teodoro; quien relevó la importancia de Paulo Freire como agente para la construcción de acuerdos y alianzas que permitan derrocar la hegemonía de las políticas neoliberales en educación con propuestas para un plan de acción. Por su parte, José Romao enfatizó en la pertinencia y vigencia del legado de Paulo Freire para abordar las políticas educacionales de mercado y reemplazarlas por un enfoque de equidad e inclusión.

Cabe recordar que en el marco del IX Encuentro Internacional del Forum Paulo Freire realizado en la ciudad de Torino entre el 17 y 20 de septiembre de 2014, el Consejo Mundial de Institutos Paulo Freire, acordó apoyar la creación del Instituto Paulo Freire de Chile. La incorporación a esta red mundial, fue solicitada por el Programa Interdisciplinario de Investigaciones en Educación, para contar con un espacio que permita reunir a instituciones e interesados en debatir y proponer acciones en post de la equidad y la inclusión en la educación. Para ello, nuestra institución está convocando a diversas instituciones, académicos e intelectuales chilenos, para generar, en una primera etapa, un observatorio y barómetro de la educación chilena.

En este contexto, Pamela Díaz-Romero, Directora Ejecutiva Fundación Equitas e investigadora asociada al Programa Interdisciplinario de Investigaciones en Educación, dio a conocer las áreas de trabajo y organización para la primera etapa de instalación del Instituto Paulo Freire de Chile.

Los asistentes al evento firmaron un documento para adherir a los acuerdos suscritos en el “Encuentro Internacional del Forum Paulo Freire realizado en Italia”, los cuales, con el respaldo institucional del PIIE, se centran fundamentalmente en:

Reflexionar críticamente sobre o modelo civilizatorio dominante y su pertinencia, sus manifestaciones, lógicas de instalación, consecuencias, formas de exclusión y de “domesticación”.
  • Compartir experiencias, prácticas educacionales e socioculturales en curso en varios contextos nacionales e internacionales, que expresen concretamente alternativas a los modelos dominantes.
  • Reflexionar sobre las formas y prácticas de resistencia, “re-existencia” y construcción de nuevos estilos de vida y modelos de convivencia, con base en actitudes y competencias personales y sociales, que promuevan nuevas relaciones entre generaciones y entre diferentes grupos culturales, étnicos y sociales.

De esta forma, el PIIE, se ha propuesto de aquí a diciembre de 2015, diseñar participativamente los principales objetivos y líneas de trabajo del Instituto Paulo Freire de Chile. Es así como, se espera levantar una propuesta de trabajo organizada en tres niveles, a saber, educación superior y universitaria; educación parvularia, básica y secundaria y, educación popular y de adultos.

A través de esta nueva iniciativa, el PIIE está renovando su compromiso con la sociedad chilena, proponiendo instancias que permitan activa y críticamente, contribuir con los esfuerzos que tanto los actores sociales como la política pública en educación, está desplegando para reformar el modelo educacional chileno.

Atividades feitas pelos professores de Linguagens e Códigos

O sarau é um evento cultural no qual as pessoas se encontram para se expressar ou se manifestar artisticamente, podendo envolver dança, poesia, leitura de livros, música e também outras formas de arte como pintura, teatro e comidas típicas.
Além de promover a socialização procuramos em LC (Linguagens e Códigos) reforçar a importância da leitura através de sarau ou rodas de leituras.
Nestas aulas incluímos diferentes tipos de livros e diferentes histórias, partindo do tema escolhido pelos alunos (comida, trabalho, família, esporte e viagem).

Ler é fundamental para o desenvolvimento da criatividade, imaginação e adquirir cultura.

Precisamos: ler por prazer, ler para estudar, ler para informar-se.

 

Professores responsáveis: Cirlene e Antônio 


Momento de compartilhar conhecimento em sala 
Oportunidade de interagir com vários livros




sábado, 3 de dezembro de 2016

Encerramento de final de ano do Cursinho do Luta Popular

Em novembro o Cursinho Popular do Capão Redondo, gerido pelos alunos e pelo grupo do Luta Popular encerrou suas atividades do ano de 2016 com um belo e fraterno sarau, com palavras de ordem, poesia e muita música, ajudou a todos a continuar acreditando no sonho da educação!!!
 
 

sexta-feira, 2 de dezembro de 2016

Homenagem de aluna para o CIEJA Campo Limpo

Aluna Mariana do 5° período, fez na apresentação de final de ano, homenagem a escola, aos professores e aos preciosos momentos. 02/11/2016.


III Festival Literário do CIEJA Campo Limpo

Abaixo fotos do nosso III Festival Literário do CIEJA Campo Limpo, várias atividades formativas, oficinas, saraus, debates e muita celebração da PALAVRA!!!!!


 

 



 Mesas de discussão sobre leitura, escrita, feira  e lançamento de  livros, debate sobre o movimento de saraus na cidade, a produção literária. Contamos com a presença de vários artistas e poetas, o prazer da palavra, na festa do encontro na transformação das aprendizagens.


quinta-feira, 1 de dezembro de 2016

CIEJA Campo Limpo participará de documentário do Canal CineBrasil TV

CIEJA Campo Limpo participará de série de documentários sobre escolas inovadoras, projeto intitulado de "Sementes da Educação".

"Sementes da Educação" é um série de documentário de 13 episódios produzida pela Oz Produtora e selecionado na Chamada Pública do canal Cinebrasil TV. Contemplada com financiamento da linha PRODAV 6 do Fundo Setorial do Audiovisual, a série foca no método desenvolvido por escolas inovadoras. Estreia no Canal Cinebrasil TV em 2017.


 Cada episódio irá apresentar uma escola diferente, focando no método desenvolvido, mostrando as ações do dia a dia e como ela se diferencia das outras escolas. Foram selecionadas iniciativas que ofereçam ensino gratuito e que com poucos recursos conseguiram inovar e atualizar os métodos educacionais. O objetivo da série é valorizar estas escolas e inspirar novas iniciativas na área da educação. A série também irá refletir sobre o papel da escola, os problemas dos métodos tradicionais e as novas possibilidades. 



O primeiro episódio foi dedicado ao CIEJA Campo Limpo, localizado no Capão Redondo em São Paulo. Autodenominada como uma escola de resistência e de excluídos oferece ensino a 1300 alunos de 16 a 83 anos, sendo 300 com algum tipo de deficiência. Apresenta horários flexíveis e turmas divididas por níveis de conhecimento e temas de trabalho, e as atividades são desenvolvidas em grupos.
Em um espaço acolhedor de dois sobrados interligados com muitas cores e espaços verdes, ocorrem dezenas de atividades paralelas como capoeira, expressão corporal com alunos surdos, rodas de leitura, aulas de libras, e muita troca de experiência e carinho.
É uma escola inspiradora e contagiante, repleta de histórias e pessoas incríveis. Pautada por valores como respeito, inclusão e acolhimento, prioriza o desenvolvimento dos alunos. Mais do que aprender a ler e escrever, as pessoas passam a questionar, respeitar e sonhar.
Saímos inspirados e gratos pela oportunidade de conhecer o CIEJA Campo Limpo e ainda mais conscientes da importância da série Sementes da Educação.

quarta-feira, 30 de novembro de 2016

CIEJA Campo Limpo participa de reunião do Conselho Municipal de Educação

Interessados em saber quais são os pontos relevantes do CIEJA Campo Limpo e os motivos de reconhecimento, o Conselho Municipal de Educação da cidade de São Paulo, convidou a senhora Eda Luiz a apresentar as soluções encontradas em nossa escola para auxiliar futuramente na construção de políticas públicas e a disseminação de suas práticas na rede.






terça-feira, 29 de novembro de 2016

CIEJA Campo Limpo participa do projeto das Escolas Transformadoras

 O CIEJA Campo Limpo participou das atividades do  projeto Escolas Transformadoras no mês de novembro,  conjuntamente com escolas de diversas regiões do Brasil, para afinar ações que garantam a permanência de seus projetos  e a disseminação de suas propostas para o maior número de escolas possíveis.



Escolas Transformadoras é uma iniciativa para identificar, conectar e apoiar escolas com práticas inovadoras na formação de crianças e jovens como transformadores. Somos uma comunidade global que tem por objetivo compartilhar as boas práticas e experiências de cada escola e fortalecer a visão comum de que todos podem transformar o mundo para que essa visão seja o novo marco de referência de educação para a sociedade.  

Iniciada pela Ashoka em 2011, a comunidade conta hoje com mais de 200 escolas em todo mundo. No Brasil esta iniciativa é uma correalização com o Instituto Alana.



 
Este vídeo é sobre a roda de conversa ‘Protagonismo na educação – por uma sociedade de sujeitos transformadores’, uma das atividades do encontro. Organizada pelo Programa Escolas Transformadoras, fez parte do encontro das escolas  a iniciativa é a segunda de uma série de quatro rodas, que acontecerão entre 2016 e 2017. O primeiro encontro, realizado em maio deste ano, debateu a importância da empatia na educação.


FOTOS DO EVENTO 
 
SITE DO PROJETO  

No Seminário da EJA, alunos e professores do CIEJA Campo Limpo encenam peça de teatro e apresentam coral!!


No último dia 04/11, alunos e professores do CIEJA Campo Limpo apresentam peça de teatro  feita em conjunto problematizando a situação da fome em nosso país, assim como o coral exibe algumas músicas de seu repertório.




 

Presença da turma do curso de Farmácia da FALC (Faculdade da Aldeia de Carapicuíba)

No dia 08/11, tivemos no CIEJA-CL a presença da turma do curso de Farmácia da FALC (Faculdade da Aldeia de Carapicuíba), sob orientação do Prof. Dr. Robson P. da Silva, ofereceram palestras sobre saúde preventiva e realizaram exames de aferição da pressão arterial e nível de glicemia de nossos alunos.
Muito obrigada a todos os participantes!!!

Mapeamento do grupo de jovens


Atividade de avaliação onde os alunos se posicionam sobre sua trajetória escolar, realizada conjuntamente com o grupo de jovens, projeto piloto do CIEJA Campo Limpo no qual quatro professores refletem sobre metodologias variadas de atendimento e adequação da EJA ao público mais novo.




sexta-feira, 11 de novembro de 2016

Zé da Viola no CIEJA Campo Limpo

Zé da Viola, músico à 35 anos,  morador do Parque Santo Antônio,  fez visita inusitada ao CIEJA Campo Limpo para compartilhar suas músicas, interpretações e carinho da cultura nordestina. Novembro de 2016.

quinta-feira, 10 de novembro de 2016

CIEJA Campo Limpo Ganha Prêmio da Fundação Arymax


Projeto vencedor do CIEJA Campo Limpo ganha R$ 2.000,00 do prêmio "Desafio Arymax de Ativismo Social".
O desafio de ativismo comunitário da ARYMAX convida jovens de Ensino Médio de escolas públicas e privadas para criarem coletivamente projetos que resolvam problemas sociais.
O programa acontece durante o ano todo e oferece mentoria e ferramentas práticas para os jovens descobrirem como criar soluções para resolver problemas sociais. No final, os jovens apresentam os resultados e recebem um prêmio de R$ 2 mil para dar continuidade à ação.
O formato é inspirado no movimento global “Design for Change”, que incentiva crianças e jovens a construírem com o apoio dos educadores, soluções criativas para transformar a realidade.

 

Premiação com vários projetos do CIEJA Campo Limpo e outras instituições

 

Projeto ganhador



 Vídeo da premiação



 Vídeo do projeto ganhador



 O projeto é desenvolvido pela Professora Samara Annanias da Sala de Apoio e Acompanhamento a Inclusão - SAAI, e tem como objetivo confeccionar bonecas através de toda uma sequência didática e colocá-la como possibilidade de renda para os alunos e seus familiares. CIEJA Campo Limpo 2016.

 

CURSINHO POPULAR DO CAPÃO



Indignação que vem de dentro!!!



Texto realizado voluntariamente pela aluna Ivanilde da Silva -  Turma Confiança - Prof. Jeferson - 6° período


                 Moro em um país onde os governantes roubam as terras dos índios, matam e o que sobra eles usam para enfeitar festa e a sociedade bate palmas.

Moro em um pais onde  a mais alta corte rasga a constituição e milhões de pessoas dizem que é para melhor.

Moro em um país onde juiz tem partido e é chamado de herói por um povo analfabeto político, é um absurdo.

Moro em um país onde um candidato falou que o dia que ele carregou um pobre no carro dele, ele vomitou, que ele não tem vocação para Francisco de Assis... e acredite ele foi para o segundo turno e ganhou no fim.

Moro em um país onde técnico de futebol é chamado de professor e professor é chamado de tu... pra mim professor é o óculos da sociedade, que abre nossos horizontes e faz agente ir em frente.

Fico indignada com tudo isso mas eu não me canso de pedir a paz... por que a paz é como uma grande arma humana... enquanto todos estiverem de mãos dadas as armas estarão no chão...

domingo, 6 de novembro de 2016

Projeto ARTE SEM LIMITES


Educação é arte e diversão faz parte.

Com muita alegria e descontração iniciamos mais uma parceria com o Instituto Olga Kos - Arte sem limites - pintura e dança . 



Se não consegue dançar só, a gente dança junto.

sexta-feira, 4 de novembro de 2016

Caminhada pela PAZ - Periferia Muda não muda nada!!!

Representantes do CIEJA Campo Limpo engrossaram a 21ª caminhada pela PAZ - Periferia Muda  Não Muda,  no último dia 02/11/2016, partindo de vários locais em direção ao ato ecumênico dentro do cemitério do JD São Luís.

 





Desde 1995, moradores e organizações que atuam no Jardim Ângela promovem no Dia de Finados a Caminhada pela Vida e pela Paz até o Cemitério São Luís, também na Zona Sul para relembrar e denunciar os casos de jovens mortos em decorrência da violência do Estado.
O ato surgiu por iniciativa da Sociedade Santos Mártires em uma época em que essa região foi considerada o “triângulo da morte” de São Paulo pelo alto índice de homicídios. O terceiro maior cemitério da capital paulista era o principal destino das vítimas da violência que marcou o Jardim Ângela, Jardim São Luís e Capão Redondo nos anos 1990.
Com o tema “Periferia muda não muda”, nesta 21ª edição também participam da caminhada o Fórum em Defesa da Vida, o Centro de Direitos Humanos e Educação Popular (Cdhep Campo Limpo), o Comitê Juventude e Resistência, a Ação Cristã para Abolição da Tortura, o MJPOP Sampa Sul, entre outros coletivos e lideranças da região de M’ Boi Mirim e Campo Limpo.

 FONTE


quinta-feira, 3 de novembro de 2016

Ex aluna volta para mostrar a conquista do Ensino Médio


Nossa ex-aluna, Gildete da Silva Malves, 64 anos,  retornou esta semana para contar a novidade, a conquista do Certificado do Ensino Médio.  A referida aluna formou-se em nossa escola no ano passado, prestou ENEM, conseguiu eliminas todas as matérias, exceto Matemática, mas em agosto fez a prova de eliminação de matéria e consquistou o  seu senho, terminar o Ensino Médio. Ao retornar no CIEJA Campo Limpo, Dona Gildete, como todos a conheciam, trouxe uma singela homenagem a nossa comunidade..."Todo meu coração ao CIEJA Campo Limpo, na pessoa de sua Diretora Sra. Eda Luiz, e a todo corpo Docente da escola, pela oportunidade que me deram de estudar aqui, no ano de 2015.  Gratidão". 

Dona Gildete, nós agradecemos a confiança!!!!!









terça-feira, 1 de novembro de 2016

Projeto Mexa-se - Baladas Especiais - pois quem dança seus males espanta,






 Com  muita alegria e descontração , aconteceu no último sábado - 29.10.2016 - mais uma Balada Especial com o tema : Encontro de Gerações.

 

Agradecemos a presença dos amigos , alunos , parceiros e principalmente do grupo de mães  do projeto Crescendo Juntos, pois atravessam a cidade para compartilhar da nossa alegria.

                 https://web.facebook.com/rafamabel/?pnref=story.unseen-section